Translate

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Cultura e Arte

                         Pinacoteca do Estado de São Paulo

Ver de perto obras originais de arte tem seu encanto. É um momento de contemplação e de recriação individual. Você não divide esta experiência com ninguém. Na Pinacoteca, as obras de Cândido Portinari tinham uma exposição especial, uma coleção de Castro Maia que foi o seu grande mecenas. Vi obras também dos séculos 19 e 20, uma série de retratos, nus e costumes burgueses. Esculturas de Rodin pelos corredores largos do museu, obras antigas e novas como as pegadas na parede que lembram o grafite. E obras da primeira metade do século 20, de modernistas brasileiros e artistas internacionais. Ver e admirar, ler e olhar prolongadamente. Não deu tempo de ver tudo como eu gostaria, porque São Paulo tem arte em todos os cantos, muitos lugares para conhecer no pouco tempo que tenho por aqui. Mas adorei a Pinacoteca, parada obrigatória das artes!


                            Arte nas pegadas da parede

                                  Arte contemporânea

A esquina do Caetano

             Centro de São Paulo

Este ponto da cidade tem prédios antigos e o famoso cruzamento de duas avenidas imensas - Av. Ipiranga e Av. São João. Quando o Caetano chegou por aqui deve ter sentido o mesmo que eu sinto agora,  um certo deslumbre pela grandeza do lugar e suas formas, é como se fossemos uma formiguinha olhando para os aranha-céus. Sou mineira e a Av. Afonso Pena, a principal de Belo Horizonte, é uma ruinha perto disso aqui. De todo este movimento, de trânsito de carros e de gente pelas ruas fica a imagem de um novo mundo que, para Caetano, nos idos de 1960, devia ser novíssimo, pura modernidade. Mas alguma coisa também acontece no meu coração, quando a cruzo a Ipiranga e a Av. São João.

Ouça Sampa, de Caetano Veloso:

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Sampa world

                                                                    Catedral da Sé, São Paulo

São Paulo é um mundo. Esta é a primeira impressão. É tudo muito grande, tridimensional. As ruas são muito largas, muita gente no metrô, andando nas ruas, em qualquer lugar. E gente de todo lugar, de todos países, de todas as cores e raças. Gente que faz você aprender alguma coisa, que te ajuda, que te orienta, que se emociona, gente igual a gente. No primeiro dia aqui, conheci a Alderiva, uma missionária nordestina que já viajou o mundo. Ela me apresentou São Paulo, o metrô, a Sé, a Prefeitura, o Teatro Municipal, todo o centro na região da Praça da República e foi comigo até o MASP, na Av. Paulista, só para me mostrar onde era. Ela foi minha guia.Também acompanhei-a em suas andanças pelo centro e vi como realiza de forma digna sua missão. Alderiva não fala em religião, mas fala de Deus com uma sabedoria além da bíblia. Ela tem Ele consigo, é sua prática diária, ela é um exemplo do que fala, sabe doar-se sem pedir nada em troca, ela faz tudo por amor. Alderiva, foi minha fada madrinha em Sampa. Perdi qualquer medo com ela. Conquistei a cidade e ela me conquistou!



Mistérios

Um amigo perguntou:
aonde andam os mistérios?
Nas estradas do sem fim,
nos contos de cemitério.
Nos jardins da casa azul,
nas contas do meu império.
Nas ladeiras de Olinda, nos
blocos, naqueles bonecos.
Nas sementes lá do Sul,
nas agruras sem remédio.
Num beco, num botequim
aonde você não conhece.


terça-feira, 27 de abril de 2010

A Boba

                                           Anita Malfati - 1916

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Arte de poeta


Fiz versos, fiz rimas,
fiz canções, fiz arte.
Mudei as palavras
contei coisas raras.

Brinquei com o amor,
com a flor, com a dor,
Sonhei com o futuro,
seduzi, fiz mistérios.

Cavalguei na lua,
dormi nas estrelas,
voei para o alto,
senti meu hálito ...

pura embriaguez poética!


quinta-feira, 22 de abril de 2010

São Paulo


Essa cidade tem formas, cores,
sabores de todos os mundos,
de cada continente.
Tem gente bonita, tem pobreza,
tem o verde, tem o sol, o cinza.

Cidade de muita esquina,
de cada pessoa, de muitas gentes.
Olhar sorridente, uns longos,
outros breves, de pura
beleza e esquisofrenia.

Cidade que corrói o tempo,
que mata saudade do que
foi um dia. Conta história,
produz riqueza,
cidade-consumo.


segunda-feira, 19 de abril de 2010

Intensa

                            

















Tenho paixões e muitas.
Tantas inexplicáveis,
miseráveis sem razão.
Paixões de suplícios,
Por acaso, sem sentido.

Paixões de esquerda,
de punho erguido,
indiretas, circunflexas.
incorrigíveis ...
com arrepios.

Paixões de hoje,
amanhã e sempre.
Paixões nonsense
delirios...
adolescente.

sábado, 17 de abril de 2010

As redes sociais e seus dilemas

As redes sociais virtuais são amigáveis. Ok. Mas as redes sociais também podem ser tão massacrantes como a vida real. O desafio é não ser influenciado e levado pela opinião da maioria. O desafio é ser você mesmo. Saber o seu limite de exposição, dosar a intimidade e a participação das pessoas na sua vida. A comunicação na internet deve ser aquela permitida por você.

As crianças que já possuem página pessoal no Orkut devem ser instruídas a lidar com estas questões pelos pais, pela escola e por toda sociedade. Além da vida real, essa nossa vida virtual pode ser muito constrangedora e cruel. Qual o valor da amizade virtual? Ela é real mesmo? ou apenas mais um número para ser disputado entre os colegas? O que vale é ser autêntico ou seguir as últimas tendências da moda virtual?

O episódio da animação South Park exibido na semana passada, dia 07 de abril, nos EUA, deu o que falar. A imprensa inteira comentou. O alvo das piadas foi a rede social megalomaníaca preferida, o Facebook. Mas vale para qualquer rede social em que as pessoas confundem o que é real ou virtual. O Orkut talvez seja a rede mais conhecida no Brasil.

O episódio “You Have 0 Friends” mostra Stan e Kyle enfrentando a dura etiqueta social que obriga as pessoas a terem perfil no Facebook e a lidar com as dificuldades disso – ciúmes da namorada e relacionamento virtual com parentes. Kyle ainda lida com a saída de seus amigos do seu perfil após adicionar um garoto nada popular à lista. Enquanto isso, Stan, que não quer participar da rede social, é tragado por ela devido às cobranças de seu pai, avó, amigos e namorada.

A animação também fez considerações sábias sobre as dinâmicas do Facebook, como “amigas mulheres valem três vezes mais que amigos homens”. Também são citados o FarmVille e o ChatRoulette.

Cultivar a educação, ter bom senso e respeitar a identidade de cada um são atitudes fundamentais para viver em sociedade. Ainda que estes valores pareçam antigos para esta sociedade do espetáculo em que vivemos, são eles que nos distinguem e constituem o nosso caráter. Tanto na vida real quanto na virtual, o que importa é ser verdadeiro. E a família deve ficar atenta porque os conflitos virtuais são instantâneos e podem fazer grandes estragos na formação de uma criança ou adolescente. É preciso estar por perto e orientar.

Os episódios de South Park são disponibilizados gratuitamente, em inglês, após sua exibição nos Estados Unidos, no site oficial da animação.

Assista ao episódio: http://www.southparkstudios.com/episodes/267112

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Vermelho


Vanessa da Mata cantando em Parati. Um visual lindo, uma música linda e uma intérprete maravilhosa. Vale a pena ver e rever sempre!






quinta-feira, 15 de abril de 2010

Projeto Ficha Limpa já !

A votação do Projeto de Lei ( PL) Ficha Limpa foi adiada e o PL foi enviado de volta para uma comissão onde corre o risco de sofrer sérias alterações. A Lei Ficha Limpa tem o objetivo de remover das eleições todos os candidatos que cometeram crimes sérios como desvio de verba pública, corrupção, assassinato e tráfico de drogas. Nós só precisamos convencer os membros da comissão a não alterar o texto para não torná-lo ineficaz contra a corrupção.

Faça a sua parte agora !!! É muito importante essa moblização !!!
Vá até a página abaixo e envie um e-mail pedindo aos deputados para manterem o texto da Lei.
É muito fácil e rápido !!!

http://www.avaaz.org/po/salve_ficha_limpa/97.php?cl_tta_sign=9257ed7bd0663086846673994390e64c

O que elas tem?


Toda criança tem
um coração gigante
que cabem princesas,
fantasias e diamantes.

Tem doçura, tem não,
tem sim, tem razão!
tem emoção pra valer...
cachorro, amigo e bola.

Tem o oposto, tem o verbo.
Tem um lado certo e um
outro incerto, tem o progresso.
E um gostoso e sincero saber.


terça-feira, 13 de abril de 2010

O carro quer andar


É tudo muito simples, é um pé atrás do outro e tudo se encaminha. Quando a gente começa qualquer coisa é assim. Você inicia com um pensamento, depois vai elaborando, tentando ordenar as seqüências, encadear as conveniências e, finalmente, colocar em ação as tarefas e metas do plano. Mas tudo começa na verdade quando agimos. Ficar mascando ideia nunca fez de ninguém um realizador. Todo mundo tem ideia. Umas boas, outras horríveis. Ter apenas uma luzinha brilhando na cabeça não adianta coisa nenhuma. O negócio é colocar os fusíveis pra queimar, colocar as faiscas em movimento. Fazer o carro andar e na hora certa. Foi assim com a roda e com tudo mais que inventamos.

Falar o que se quer também é uma coisa maravilhosa para a vida andar. Abrir a boquinha e a imaginação é uma coisa libertadora, dá asas ao dragão que nos habita. As coisas andam ou desandam de vez. O negócio é que se você quer fazer alguma coisa, tem que começar fazendo, ou seja, rascunhando seus pensamentos na prática. 1) o que é essencial pra você no projeto 2) Investigar as possíveis opções 3) os prazos 4) o que é importante fazer primeiro.

Quem quer faz não espera acontecer. O tempo é sempre uma desculpa fácil para quem não tem projetos na vida. “A falta de tempo me consome, me adoece e tal”. O tempo é sábio. Se você não quer fazer não vai encontrar tempo mesmo. Ele se esconde de quem o procura. Se você quer tempo não se preocupe com ele. Você não verá que ele passou por você. A luzinha está brilhando na minha cabeça. E eu tive uma grande idéia. Vou terminar este texto por aqui mesmo. O que eu queria falar já foi. Não vou desperdiçar minhas palavras. Sou segura do meu tempo. E tenho mais o que fazer.



segunda-feira, 12 de abril de 2010

Essas meninas


Ao redor dos meus pés,
do meu umbigo e do meu cabelo
elas sambam coloridas o meu enredo.
Enfeitam minha vida,
guardam os meus segredos.
Borboletas são crianças sem pudor,
essas meninas travessas
rondam jardins atrás de flor.


terça-feira, 6 de abril de 2010

Adoro "Vida Simples"


Vida Simples é “uma revista para quem quer viver mais e melhor”. Este slogan diz exatamente tudo – informação, qualidade de vida, valores, arte e entretenimento. Uma proposta tão grandiosa e de uma simplicidade tão elegante e envolvente que não dá vontade de parar de ler. A revista é um dos melhores títulos do mercado jornalístico porque sabe aprofundar nos assuntos sem ser chata e prolixa. Há criatividade, magia e encantamento em cada texto. E um dos seus principais desafios é discutir a vida, sempre enfocando as coisas boas, mas sem excluir as inevitáveis situações e fatos que fazem parte do nosso caminho. Não são apenas informações e dados que são acrescentados à nossa memória. São experimentações e o compartilhamento do visto, ouvido e sentido.

Na revista, há seções para filosofar e pensar que trazem grandes questões da humanidade como a busca da satisfação, dos desejos e de sentido, o enfrentamento das crises existenciais e os dilemas da vida. Na seção de viagens há sempre fotos super bacanas e artísticas de lugares lindos, com informações ricas sobre a cultura e o pensamento do povo. A revista ainda investe em matérias sobre as mais diversas experiências de vida simples, seja andar de bicicleta, cozinhar, fazer seus móveis ou um abajur para a sala. Nas páginas finais, há espaço para dicas de livros, cinema, DVDs e CDs, e a última página sempre termina com uma poesia.

Todo o conteúdo de Vida Simples alia bom gosto e uma grande consciência ambiental. A sustentabilidade do planeta é uma das bandeiras que a revista vende através de anúncios específicos e dos produtos que oferece aos seus leitores, incluindo a escolha certa dos colunistas e dos parceiros do projeto. A revista é um exemplo de projeto editorial inteligente e viável e de como é possível unir cultura, arte e educação sendo simples. Vale a pena ler!


segunda-feira, 5 de abril de 2010

Sorte de Hoje - Deguste mais !!!


: ) Se comermos menos, degustaremos mais!

Comer é uma das coisas mais prazerosas da vida.
Mas degustar algo e sentir verdadeiramente seu sabor requer calma.
Com tempo de fechar os olhos é muito melhor.
O prazer está sempre na qualidade da experiência!


domingo, 4 de abril de 2010

Sorte de Hoje - Plante coisa boa !!!

: ) Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.

Tudo que a gente faz, pensa ou fala produz um efeito seja positivo ou negativo. É a lógica. É tão simples e tão dificil. A vida de caótica tem muito pouco. Tudo o que acontece tem sempre a nossa mão. É infalível!

sábado, 3 de abril de 2010

Transformação


"Se uma lagarta, pesada e incapaz de voar, pode se transformar numa graciosa borboleta, por que deveríamos perder a esperança de transformação do mundo? Dê a chance para você mudar e tudo ao seu redor mudará também: as pessoas, as situações, o futuro, a humanidade. Assim como a borboleta, deixe que sua nova forma se mostre. Seja um benfeitor do mundo e alcance sua própria soberania''.


quinta-feira, 1 de abril de 2010