Translate

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Arte de poeta


Fiz versos, fiz rimas,
fiz canções, fiz arte.
Mudei as palavras
contei coisas raras.

Brinquei com o amor,
com a flor, com a dor,
Sonhei com o futuro,
seduzi, fiz mistérios.

Cavalguei na lua,
dormi nas estrelas,
voei para o alto,
senti meu hálito ...

pura embriaguez poética!


2 comentários:

Jordana Flávia disse...

Menina! A cada dia que você olha por essa janela fica mais inspirada... O que será que anda vendo? Bjo...

Adriana Borges disse...

Coisas boas, menina !!!