Translate

terça-feira, 13 de abril de 2010

O carro quer andar


É tudo muito simples, é um pé atrás do outro e tudo se encaminha. Quando a gente começa qualquer coisa é assim. Você inicia com um pensamento, depois vai elaborando, tentando ordenar as seqüências, encadear as conveniências e, finalmente, colocar em ação as tarefas e metas do plano. Mas tudo começa na verdade quando agimos. Ficar mascando ideia nunca fez de ninguém um realizador. Todo mundo tem ideia. Umas boas, outras horríveis. Ter apenas uma luzinha brilhando na cabeça não adianta coisa nenhuma. O negócio é colocar os fusíveis pra queimar, colocar as faiscas em movimento. Fazer o carro andar e na hora certa. Foi assim com a roda e com tudo mais que inventamos.

Falar o que se quer também é uma coisa maravilhosa para a vida andar. Abrir a boquinha e a imaginação é uma coisa libertadora, dá asas ao dragão que nos habita. As coisas andam ou desandam de vez. O negócio é que se você quer fazer alguma coisa, tem que começar fazendo, ou seja, rascunhando seus pensamentos na prática. 1) o que é essencial pra você no projeto 2) Investigar as possíveis opções 3) os prazos 4) o que é importante fazer primeiro.

Quem quer faz não espera acontecer. O tempo é sempre uma desculpa fácil para quem não tem projetos na vida. “A falta de tempo me consome, me adoece e tal”. O tempo é sábio. Se você não quer fazer não vai encontrar tempo mesmo. Ele se esconde de quem o procura. Se você quer tempo não se preocupe com ele. Você não verá que ele passou por você. A luzinha está brilhando na minha cabeça. E eu tive uma grande idéia. Vou terminar este texto por aqui mesmo. O que eu queria falar já foi. Não vou desperdiçar minhas palavras. Sou segura do meu tempo. E tenho mais o que fazer.



Nenhum comentário: