Translate

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Você pode participar da Carta da Terra

1. Dissemine a Carta da Terra e aumente sua conscientização entre seus amigos e em sua comunidade local.

2. Subscreva a Carta da Terra e encoraje as organizações às quais você pertence e os governos locais e nacionais a usar e subscrever a Carta da Terra.

3. Comece um grupo de estudos sobre a Carta da Terra e explore como usá-la e aplicar seus princípios em sua casa, seu local de trabalho, sua comunidade.

4. Participe de um dos grupos de trabalho da Iniciativa da Carta da Terra, que enfocam seis áreas – Educação, Negócios, Mídia, Religião, Juventude e Nações Unidas.

5. Colabore com parceiros e afiliados da Carta da Terra e com outras organizações em sua região que já tenham aderido à Carta.

6. Faça contribuições financeiras ou providencie outros recursos e serviços necessários para o apoio à Carta da Terra Internacional e outros projetos a ela relacionados.

7. Consulte e siga o Guia para Ação Descentralizada.

Existem várias maneiras de usar a Carta da Terra nas escolas, nos negócios, nos governos, em ONGs, conferências e eventos públicos. Ela pode ser usada como:

• Uma ferramenta educacional no entendimento dos desafios e decisões críticas que enfrenta a humanidade e também para o entendimento do significado de uma maneira de viver sustentável.

• Um chamado para ação e um guia ético para um jeito de viver sustentável que inspira compromisso, cooperação e mudança.

• Um conjunto de valores para guiar governos, em todos os níveis, na elaboração de políticas e estratégias para construir um mundo mais justo, sustentável e em paz.

• Um guia abrangente para definição de responsabilidade social corporativa e responsabilidade ecológica e para formulação de enunciados de missão e códigos de conduta.

• Um catalisador para diálogos multi-setoriais, intercultural e interreligiosos com objetivos comuns, valores compartilhados e ética global.

• Um documento de lei branca (soft law) que proporciona uma fundamentação ética para o desenvolvimento de uma lei sobre meio ambiente e desenvolvimento sustentável.

• Um instrumento de auditoria com relação às metas de sustentabilidade

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

O caminho adiante

A missão da  inciativa da Carta da Terra é promover a transição para formas sustentáveis de vida e de uma sociedade global fundamentada em um modelo de ética compartilhada, que inclui o respeito e o cuidado pela comunidade da vida, a integridade ecológica, a democracia e uma cultura de paz.

Como nunca antes na História, o destino comum nos conclama a buscar um novo começo. Tal renovação é a promessa destes princípios da Carta da Terra. Para cumprir esta promessa, temos que nos comprometer a adotar e promover os valores e objetivos da Carta.

Isto requer uma mudança na mente e no coração. Requer um novo sentido de interdependência global e de responsabilidade universal. Devemos desenvolver e aplicar com imaginação a visão de um modo de vida sustentável nos níveis local, nacional, regional e global. Nossa diversidade cultural é uma herança preciosa e diferentes culturas encontrarão suas próprias e distintas formas de realizar esta visão. Devemos aprofundar e expandir o diálogo global que gerou a Carta da Terra, porque temos muito que aprender a partir da busca conjunta em andamento por verdade e sabedoria.

A vida muitas vezes envolve tensões entre valores importantes. Isto pode significar escolhas difíceis. Entretanto, necessitamos encontrar caminhos para harmonizar a diversidade com a unidade, o exercício da liberdade com o bem comum, objetivos de curto prazo com metas de longo prazo. Todo indivíduo, família, organização e comunidade tem um papel vital a desempenhar. As artes, as ciências, as religiões, as instituições educativas, os meios de comunicação, as empresas, as organizações não-governamentais e os governos são todos chamados a oferecer uma liderança criativa. A parceria entre governo, sociedade civil e empresas é essencial para uma governabilidade efetiva.

Para construir uma comunidade global sustentável, as nações do mundo devem renovar seu compromisso com as Nações Unidas, cumprir com suas obrigações respeitando os acordos internacionais existentes e apoiar a implementação dos princípios da Carta da Terra com um instrumento internacionalmente legalizado e contratual sobre o ambiente e o desenvolvimento.

Que o nosso tempo seja lembrado pelo despertar de uma nova reverência face à vida, pelo compromisso firme de alcançar a sustentabilidade, a intensificação dos esforços pela justiça e pela paz e a alegre celebração da vida.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.com.br



Princípios da Carta da Terra - 16

16. Promover uma cultura de tolerância, não-violência e paz.

a. Estimular e apoiar o entendimento mútuo, a solidariedade e a cooperação entre todas as pessoas, dentro das e entre as nações.

b. Implementar estratégias amplas para prevenir conflitos violentos e usar a colaboração na resolução de problemas para administrar e resolver conflitos ambientais e outras disputas.

c. Desmilitarizar os sistemas de segurança nacional até o nível de uma postura defensiva não-provocativa e converter os recursos militares para propósitos pacíficos, incluindo restauração ecológica.

d. Eliminar armas nucleares, biológicas e tóxicas e outras armas de destruição em massa.

e. Assegurar que o uso do espaço orbital e cósmico ajude a proteção ambiental e a paz.

f. Reconhecer que a paz é a plenitude criada por relações corretas consigo mesmo, com outras pessoas, outras culturas, outras vidas, com a Terra e com a totalidade maior da qual somos parte.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

terça-feira, 25 de maio de 2010

Olé Brasil!

Futebol, o que há de ser?
Craques e seleções, é isso!!!
É copa do mundo!
Futebol é sorriso no rosto
Alegria no coração
É festa do povo!

É gol!!!!!!!!!!!!
É vitória!
É Brasil!
Sou eu
É você
Esporte universal.

É Pelé!!!
É Garrincha!!!
É Ronaldo Nazário!!!
É gente que vibra!!!!!!
É a raça, é a ginga
na cabeça e no peito
de todos nós.

Princípios da Carta da Terra - 14 a 15

14. Integrar, na educação formal e na aprendizagem ao longo da vida, os conhecimentos, valores e habilidades necessárias para um modo de vida sustentável.

a. Prover a todos, especialmente a crianças e jovens, oportunidades educativas que lhes permitam contribuir ativamente para o desenvolvimento sustentável.

b. Promover a contribuição das artes e humanidades, assim como das ciências, na educação para sustentabilidade.

c. Intensificar o papel dos meios de comunicação de massa no aumento da conscientização sobre os desafios ecológicos e sociais.

d. Reconhecer a importância da educação moral e espiritual para uma condição de vida sustentável.

15. Tratar todos os seres vivos com respeito e consideração.

a. Impedir crueldades aos animais mantidos em sociedades humanas e protegê-los de sofrimento.

b. Proteger animais selvagens de métodos de caça, armadilhas e pesca que causem sofrimento extremo, prolongado ou evitável.

c. Evitar ou eliminar ao máximo possível a captura ou destruição de espécies não visadas.


Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

domingo, 23 de maio de 2010

Sarará Crioulo!























Olhos Coloridos - Sandra de Sá – Um sambalanço de atitude! Na minha pré-adolescência eu ainda não tinha consciência de raça. Não sabia se eu era negra, mulata, sarará ou morena. Culpa da nossa herança cultural escravagista. Ninguém quer ser inferior, humilhado e condenado à senzala. Mas se as pessoas não sabem quem são ficam aprisionadas para sempre. Acho incrível a frase de Paulo Lins, autor do livro Cidade de Deus :“Uma pessoa que não sabe a sua história não está vivendo, não consegue ter consciência da sua raça, fica sem referências”.

O dia 13 de maio é o dia da Abolição da Escravatura e da transformação dos quilombos em favelas. O que fica de lição para gente? Um dia de luta, de comemoração, de superação e de entendimento. Sim, um dia pra gente tentar entender a nossa história. Um dia para comemorar a liberdade, ainda que sem estrutura. Para continuar lutando contra o preconceito. Um dia para se reafirmar orgulhoso da sua raça. Negro tem força, tem talento, tem arte, tem beleza e poder sim!

O que me faz ser mais forte e mais feliz hoje é saber minha história. Pois eu trago no meu bolso a intenção de mudar, de realizar, de transformar a vida de hoje para melhor. Tenho um passado. Um tempo aqui e um outro preliminiar que foi construído pelos meus avós, bisavós e etc. Pessoas que lutaram pela sua identidade, pelo direito de serem iguais e diferentes.

É engraçado, mas as pessoas sempre me perguntam se eu sou japonesa, às vezes coreana, chinesa, mexicana, venezuelana ou outro povo de olhos puxadinhos por aí. E eu digo: eu sou brasileira e com muito orgulho! Meus ancestrais devem ter sido os índios Askaninka ou os Maxacalis, é por isso. Tenho uma cara que é só minha, miscigenada, uma pouco india, um pouco branca e muito negra! E eu adoro isso!

Olhos Coloridos - Sandra de Sá





Sorte de Hoje - Dê a sua mão!


: ) Uma única árvore não faz uma floresta!

Quantas mãos e quantos braços precisamos para formar uma grande roda? Precisamos de todos aqueles que querem ser companheiros, amigos, colegas e irmãos. Precisamos do calor e do suor do outro para curtir a vida, para trabalhar, para ajudar e para amar. Precisamos sempre de muitas árvores ao nosso redor. Assim teremos mais vida, paz e humanidade!

Princípios da Carta da Terra - 13

IV. DEMOCRACIA, NÃO-VIOLÊNCIA E PAZ
13. Fortalecer as instituições democráticas em todos os níveis e prover transparência e responsabilização no exercício do governo, participação inclusiva na tomada de decisões e acesso à justiça.

a. Defender o direito de todas as pessoas receberem informação clara e oportuna sobre assuntos ambientais e todos os planos de desenvolvimento e atividades que possam afetá-las ou nos quais tenham interesse.

b. Apoiar sociedades civis locais, regionais e globais e promover a participação significativa de todos os indivíduos e organizações interessados na tomada de decisões.

c. Proteger os direitos à liberdade de opinião, de expressão, de reunião pacífica, de associação e de oposição.

d. Instituir o acesso efetivo e eficiente a procedimentos judiciais administrativos e independentes, incluindo retificação e compensação por danos ambientais e pela ameaça de tais danos.

e. Eliminar a corrupção em todas as instituições públicas e privadas.

f. Fortalecer as comunidades locais, habilitando-as a cuidar dos seus próprios ambientes, e atribuir responsabilidades ambientais aos níveis governamentais onde possam ser cumpridas mais efetivamente.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Um Beijo Roubado


Este filme tem uma das mais bonitas cenas de beijo do cinema. Comprei o DVD por causa do Paulo, um amigo meu que adorou o beijo e o filme. Eu também. Não tem como não gostar. Primeiro: tem o Jude Law, que eu amo! Ele está ótimo neste filme e continua lindo. Segundo: as músicas são maravilhosas.Terceiro: a fotografia é perfeita. Quarto: Uma história original sobre os encontros e desencontros do amor. Vale muito a pena!

O Filme está disponível em sites de filmes online na internet! Aproveite! Veja e reveja!

Princípios da Carta da Terra - 12

12. Defender, sem discriminação, os direitos de todas as pessoas a um ambiente natural e social capaz de assegurar a dignidade humana, a saúde corporal e o bem-estar espiritual, com especial atenção aos direitos dos povos indígenas e minorias.

a. Eliminar a discriminação em todas as suas formas, como as baseadas em raça, cor, gênero, orientação sexual, religião, idioma e origem nacional, étnica ou social.

b. Afirmar o direito dos povos indígenas à sua espiritualidade, conhecimentos, terras e recursos, assim como às suas práticas relacionadas com condições de vida sustentáveis.

c. Honrar e apoiar os jovens das nossas comunidades, habilitando-os a cumprir seu papel essencial na criação de sociedades sustentáveis.

d. Proteger e restaurar lugares notáveis pelo significado cultural e espiritual.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Muito romântica

Preciso Dizer Que Eu Te Amo (Cazuza e Bebel Gilberto)

Composição: Bebel Gilberto / Cazuza / Dé

Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu não sei que hora dizer
Me dá um medo, que medo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar do teu lado
Você me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
E nessa novela eu não quero
Ser teu amigo

É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É, eu preciso dizer que eu te amo tanto

Eu já nem sei se eu tô misturando
Eu perco o sono
Lembrando em cada riso teu
Qualquer bandeira
Fechando e abrindo a geladeira
A noite inteira

Eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo tanto







quarta-feira, 19 de maio de 2010

O amor que transforma


Alô, Alô Marciano! A vida está cada vez mais louca aqui na Terra. Você olha para um lado e vê dezenas de pessoas apressadas andando pra lá e pra cá. Gente correndo atrás de dinheiro, de trabalho e de sucesso. Mas falta nelas muita coisa para ser feliz de verdade. Falta respeitar o que é sagrado e essencial. Falta ter compromisso com a vida, falta amor. Amor que não acaba depois de um certo tempo. Amor que não é somente carne. Falta saber e sentir o que é este amor que existe e que é incondicional. Quando eu digo que falta amor no mundo, não incluo todas as pessoas no mesmo balaio. Há milhares de pessoas que amam e querem amar. Mas, a maioria, talvez, não esteja pronta para vivenciar essa experiência. Amar de verdade exige entrega.

Quando eu vejo as pessoas chorarem por um amor que acabou, eu sinto pena. Não é uma pena de dó, mas uma pena que não era amor. Porque o amor de verdade dura muito tempo, ele se transforma e fica melhor, mais profundo. Porque o amor que todos querem é para sempre. Ninguém quer amar até amanhã. E todos acreditam na eternidade do sentimento. Quando me apaixono sempre acho que é for ever. E aí passou, foi passageiro, mas a experiência sempre vale a pena. Quem sabe para aprender alguma coisa pra um dia amar de verdade. O amor é um encontro que a gente quer que aconteça na próxima viagem. Não importa se a gente vai sofrer ou chorar, todo mundo quer correr este risco. Mas, muitas vezes, os custos dessa jornada são jogados pela janela em pleno vôo. A gente só quer curtir o que é bom. O que há de errado nisso? A gente encurta o crescimento pessoal.

Muita gente vive na superfície, naquele terreno mais seco cimentado ou num gramado podadinho. Mas não sabe e nunca experimentou o gosto, a textura, a maciez e o aconchego da terra. Muita gente vive de futilidades e alimenta um jeito torto de levar a vida. Vira uma pessoa presa às aparências, às opiniões dos outros e aos ditames da sociedade. Gente assim não tem liberdade de viver, não constrói sua própria história e não ultrapassa os valores de perfumaria, vira massa de consumo. E o brasileiro está viciado em estética. Caminhando pela rua ontem à tarde, eu parei numa banca de jornal e contei quantas revistas exibiam o corpo de mulheres de biquíni na capa, eram mais de dez! Quase todas falando de exercícios e dietas, plástica, corpo sarado e etc. Adoro gente bonita. Adoro homem sarado. Mas fundamental é ter conteúdo. Ter experiências profundas. Ter consciência dos seus atos, saber sentir, esperar e ultrapassar as durezas do solo. Porque lá no fundo, lá em baixo, tem uma alma pura e limpa, cristalina como a água e pronta para amar.


Princípios da Carta da Terra - 11


11. Afirmar a igualdade e a eqüidade dos gêneros como pré-requisitos para o desenvolvimento sustentável e assegurar o acesso universal à educação, assistência de saúde e às oportunidades econômicas.


a. Assegurar os direitos humanos das mulheres e das meninas e acabar com toda violência contra elas.

b. Promover a participação ativa das mulheres em todos os aspectos da vida econômica, política, civil, social e cultural como parceiras plenas e paritárias, tomadoras de decisão, líderes e beneficiárias.

c. Fortalecer as famílias e garantir a segurança e o carinho de todos os membros da família.


Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

terça-feira, 18 de maio de 2010

Mulher Flor



Flor, beleza e fascinação
Mulher, amor e mistério
Duas palavras
Muitos sentidos

Várias fases
Cores, matizes
Em cada uma
Um perfume

Flor-Mulher
Exótica
Transparente
Ser de luz

Semente fértil
Doce, delicada
Em um olhar
Diz tudo.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Pra lavar a alma!

Cachoeira de Tabuleiro, Minas Gerais

Eu adoro cachoeira, mato e natureza! Nada melhor para relaxar num fim de semana. Aquela água fria caindo na sua cabeça tira qualquer lombeira, ziguezira e macacoa. É um banho de renovação natural. Lava a alma por dentro e por fora. Minas tem muitas e lindas cachoeiras. Na Serra do Cipó e em Conceição do Mato Dentro ficam as mais bonitas e uma das maiores do Brasil - a de Tabuleiro. É uma grande aventura chegar até lá, mas vale a pena ver aquele espetáculo de perto. Um ótimo programa é ficar no povoado de Tabuleiro mesmo, em Conceição do Mato Dentro, onde fica a cachoeira. Lá, tem um albergue da juventude - o Tabuleiro Eco Hostel, que é muito bonito, e tem um café da manhã delicioso, cheio de gostosuras mineiras. Confira no site: www.tabuleiroecohostel.com.br


Princípios da Carta da Terra - 9 a 10


III. JUSTIÇA SOCIAL E ECONÔMICA
9. Erradicar a pobreza como um imperativo ético, social e ambiental.

a. Garantir o direito à água potável, ao ar puro, à segurança alimentar, aos solos não contaminados, ao abrigo e saneamento seguro, alocando os recursos nacionais e internacionais demandados.

b. Prover cada ser humano de educação e recursos para assegurar uma condição de vida sustentável e proporcionar seguro social e segurança coletiva aos que não são capazes de se manter por conta própria.

c. Reconhecer os ignorados, proteger os vulneráveis, servir àqueles que sofrem e habilitá-los a desenvolverem suas capacidades e alcançarem suas aspirações.

10. Garantir que as atividades e instituições econômicas em todos os níveis promovam o desenvolvimento humano de forma eqüitativa e sustentável.

a. Promover a distribuição eqüitativa da riqueza dentro das e entre as nações.

b. Incrementar os recursos intelectuais, financeiros, técnicos e sociais das nações em desenvolvimento e liberá-las de dívidas internacionais onerosas.

c. Assegurar que todas as transações comerciais apóiem o uso de recursos sustentáveis, a proteção ambiental e normas trabalhistas progressistas.

d. Exigir que corporações multinacionais e organizações financeiras internacionais atuem com transparência em benefício do bem comum e responsabilizá-las pelas conseqüências de suas atividades.


Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/.

domingo, 16 de maio de 2010

Sorte de hoje - Viva com entusiasmo!

: ) Sem o fogo do entusiasmo não há o calor da vitória!

Acreditar na vida, nas pessoas, nos seus talentos, naquilo que te
deixa feliz, alerta e em paz. Gostar de si mesmo, ter fé e esperança.
Ter aquele fogo nas ventas, na cabeça e no corpo. Entusiasmo é
 fonte de tudo, é onde a gente se encontra e vai se achar de novo!
É doar ao outro através da palavra, do sentimento e da energia positiva.

Princípios da Carta da Terra - 8

8. Avançar o estudo da sustentabilidade ecológica e promover o intercâmbio aberto e aplicação ampla do conhecimento adquirido.

a. Apoiar a cooperação científica e técnica internacional relacionada à sustentabilidade, com especial atenção às necessidades das nações em desenvolvimento.

b. Reconhecer e preservar os conhecimentos tradicionais e a sabedoria espiritual em todas as culturas que contribuem para a proteção ambiental e o bem-estar humano.

c. Garantir que informações de vital importância para a saúde humana e para a proteção ambiental, incluindo informação genética, permaneçam disponíveis ao domínio público.

 
Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

sábado, 15 de maio de 2010

É bom !


Comer, rezar, amar – Um livro maravilhoso, uma história que empolga, emociona, faz pensar e diverte. Uma jornada corajosa em busca da felicidade!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Mude a sua forma de Pensar


PALESTRA INTERNACIONAL
Tema: Mude a sua Forma de Pensar!
Com Sister Mohini Panjabi, Coordenadora da Organização Brahma Kumaris nas Américas.
 
Em uma época de tantas incertezas, o tempo nos pede para largarmos velhas perspectivas e mudarmos nossa forma de pensar, com relação à nós mesmos e aos outros. A vida é resultado de nossa forma habitual de pensar. Logo, se queremos resultados diferentes, temos que mudar nosso pensamento. Abrir nossas mentes para o mundo e para todas as suas possibilidades.

Quando você tiver terminado um projeto ou uma tarefa.
NÃO PENSE Até que enfim!!! E pare. REPENSE: E agora? O que vem depois?

Quando alguém irrita você
NÃO PENSE: Por que essa pessoa está fazendo isso? REPENSE: Todos somos diferentes. Meu papel é cooperar com os outros, e não julgá-los. Deixe-me olhar para mim mesmo. O que posso melhorar em mim?

Quando alguma coisa dá errado
NÃO PENSE: Por que isso aconteceu?
REPENSE: O que isso me ensina? Como isso pode me fazer crescer?

 Sister Mohini Panjabi, indiana, é coordenadora regional da Brahma Kumaris para as Américas, Caribe e Canadá. Há 46 anos dedica sua vida ao ensino e aplicação dos valores humanos com base nos preceitos da Organização Brahma Kumaris. Graduou-se, no início da década de 60, como bacharel em História e Ciências Políticas e também como jornalista pela University of New Delhi.

DATA: 16 de maio, às 19h
LOCAL: Ouro Minas Palace Hotel – Salão Centenário ( Av. Cristiano Machado, 4001 – BH/MG )

ENTRADA FRANCA

Sorte de Hoje - Seja positivo!

“Se estivermos carimbados com a ideia de que as coisas são difíceis, é provável que elas serão. Ao repetir continuadamente eu não posso ou eu não vou conseguir, as chances para que isto aconteça não são pequenas. Para permanecermos livre da influência dos comentários e visões pessimistas dos outros precisamos recorrer e ativar todo o nosso potencial para atos positivos. Uma pequena chama numa sala escura é muito mais forte do que toda a escuridão”.



Princípios da Carta da Terra - 7

7. Adotar padrões de produção, consumo e reprodução que protejam as capacidades regenerativas da Terra, os direitos humanos e o bem-estar comunitário.

a. Reduzir, reutilizar e reciclar materiais usados nos sistemas de produção e consumo e garantir que os resíduos possam ser assimilados pelos sistemas ecológicos.

b. Atuar com moderação e eficiência no uso de energia e contar cada vez mais com fontes energéticas renováveis, como a energia solar e do vento.

c. Promover o desenvolvimento, a adoção e a transferência eqüitativa de tecnologias ambientais seguras.

d. Incluir totalmente os custos ambientais e sociais de bens e serviços no preço de venda e habilitar os consumidores a identificar produtos que satisfaçam às mais altas normas sociais e ambientais.

e. Garantir acesso universal à assistência de saúde que fomente a saúde reprodutiva e a reprodução responsável.

f. Adotar estilos de vida que acentuem a qualidade de vida e subsistência material num mundo finito.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Princípios da Carta da Terra - 6


6. Prevenir o dano ao ambiente como o melhor método de proteção ambiental e, quando o conhecimento for limitado, assumir uma postura de precaução.


a. Agir para evitar a possibilidade de danos ambientais sérios ou irreversíveis, mesmo quando o conhecimento científico for incompleto ou não-conclusivo.

b. Impor o ônus da prova naqueles que afirmarem que a atividade proposta não causará dano significativo e fazer com que as partes interessadas sejam responsabilizadas pelo dano ambiental.

c. Assegurar que as tomadas de decisão considerem as conseqüências cumulativas, a longo prazo, indiretas, de longo alcance e globais das atividades humanas.

d. Impedir a poluição de qualquer parte do meio ambiente e não permitir o aumento de substâncias radioativas, tóxicas ou outras substâncias perigosas.

e. Evitar atividades militares que causem dano ao meio ambiente.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.com.br



quarta-feira, 12 de maio de 2010

Sorria pra ser feliz!


Sorria. Uma revista que emociona, que faz pensar, sonhar, encanta, informa e diverte. Só podia ter este nome. Sorria é uma revista que oferece milhares de coisas positivas. Ela sempre apresenta um tema central que é uma super dose de esperança. Comecei a ler a revista há poucos meses e me apaixonei. Além de ser linda e muito bem feita, a revista tem um projeto especial – ajudar as pessoas. O seu valor de venda R$ 2,50 é 100% revertido para o GRAACC – entidade que cuida de crianças com câncer. Em dois anos de revista, foram doados mais de três milhões de reais. A revista é vendida somente na Drogaria Raia, que é parceira do projeto. Quem não conhece a revista, vai ter uma boa surpresa ao lê-la.

No mês de abril, como nos meses anteriores, li a revista de uma só vez. É uma delícia ler Sorria, os textos fluem com naturalidade, são leves e precisos. E os temas, os entrevistados, o conteúdo da revista é de excelente qualidade. Além da arte, é claro, que é muito bacana. Tudo isso faz a revista ser diferente e muito especial. Um dos ótimos diferenciais é o preço acessível, todo mundo pode comprar! Menos que uma passagem de ônibus! E o mais importante, é que a revista tem um direcionamento para tratar dos assuntos sempre muito verdadeiro, virtuoso e feliz. Sorria já abordou temas como a Felicidade, Recomeçar, o Amor, o Tempo, o Acaso e outros. Em abril, foi o Sucesso. Que foi um grande sucesso pra mim. Uma das melhores reportagens sobre o tema que já li. Os depoimentos e as histórias das pessoas me tocaram muito. Fiquei mais apaixonada por Sorria.

A edição de Sorria n°13 sobre o Sucesso contou a busca de várias pessoas por um lugar ao sol, suas idas e vindas. Ela mostrou que este lugar ao sol não precisa ter e nem tem uma referência apenas. A busca é única, mas pode ter vários sentidos, cada um faz o seu. Eu amo escrever. Sou jornalista e como uma das entrevistadas também estou buscando realização pessoal e profissional. E para mim, isso não significa apenas ganhar um bom salário. Saber o que se quer na vida e buscar aquilo que realmente importa pra gente é uma grande aventura. Um aprendizado que vale muito a pena! Eu quero correr todos os riscos para ser feliz, você não quer? Viver é enfrentar desafios! É fazer nossa existência ter significado, verdade e alegria. Então, Sorria! Essa é a grande mensagem.


Sorte de Hoje - Doe-se aos outros!


“O momento presente está pedindo para mantermos a consciência de sermos grandes doadores. Mesmo que os outros não doem, nós deveríamos doar. Mesmo que alguém não coopere, deveríamos respeitar. Ao invés de absorver o que você não gosta em alguém, deixe seu coração e mente livres para terem bons sentimentos. Quanto mais você se tornar um doador, mais os seus tesouros irão aumentar. Grandes doadores são como oceanos de misericórdia, estão sempre transbordando”.

Princípios da Carta da Terra - 5


II. INTEGRIDADE ECOLÓGICA

5. Proteger e restaurar a integridade dos sistemas ecológicos da Terra, com especial atenção à diversidade biológica e aos processos naturais que sustentam a vida.

a. Adotar, em todos os níveis, planos e regulamentações de desenvolvimento sustentável que façam com que a conservação e a reabilitação ambiental sejam parte integral de todas as iniciativas de desenvolvimento.

b. Estabelecer e proteger reservas naturais e da biosfera viáveis, incluindo terras selvagens e áreas marinhas, para proteger os sistemas de sustento à vida da Terra, manter a biodiversidade e preservar nossa herança natural.

c. Promover a recuperação de espécies e ecossistemas ameaçados.


d. Controlar e erradicar organismos não-nativos ou modificados geneticamente que causem dano às espécies nativas e ao meio ambiente e impedir a introdução desses organismos prejudiciais.

e. Administrar o uso de recursos renováveis como água, solo, produtos florestais e vida marinha de forma que não excedam às taxas de regeneração e que protejam a saúde dos ecossistemas.

f. Administrar a extração e o uso de recursos não-renováveis, como minerais e combustíveis fósseis de forma que minimizem o esgotamento e não causem dano ambiental grave.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/



terça-feira, 11 de maio de 2010

Princípios da Carta da Terra - 1 a 4

A Carta da Terra tem 16 princípios ao todo. Vou divulgá-los aos poucos aqui. Conheça os quatro primeiros hoje. Leia, se inspire e comece a praticar. Essa é a proposta!

I. RESPEITAR E CUIDAR DA COMUNIDADE DE VIDA

1. Respeitar a Terra e a vida em toda sua diversidade.

a. Reconhecer que todos os seres são interdependentes e cada forma de vida tem valor, independentemente de sua utilidade para os seres humanos.

b. Afirmar a fé na dignidade inerente de todos os seres humanos e no potencial intelectual, artístico, ético e espiritual da humanidade.

2. Cuidar da comunidade da vida com compreensão, compaixão e amor.

a. Aceitar que, com o direito de possuir, administrar e usar os recursos naturais, vem o dever de prevenir os danos ao meio ambiente e de proteger os direitos das pessoas.

b. Assumir que, com o aumento da liberdade, dos conhecimentos e do poder, vem a maior responsabilidade de promover o bem comum.

3. Construir sociedades democráticas que sejam justas, participativas, sustentáveis e pacíficas.

a. Assegurar que as comunidades em todos os níveis garantam os direitos humanos e as liberdades fundamentais e proporcionem a cada pessoa a oportunidade de realizar seu pleno potencial.

b. Promover a justiça econômica e social, propiciando a todos a obtenção de uma condição de vida significativa e segura, que seja ecologicamente responsável.

4. Assegurar a generosidade e a beleza da Terra para as atuais e às futuras gerações.

a. Reconhecer que a liberdade de ação de cada geração é condicionada pelas necessidades das gerações futuras.

b. Transmitir às futuras gerações valores, tradições e instituições que apóiem a prosperidade das comunidades humanas e ecológicas da Terra a longo prazo.

Fonte: http://www.cartadaterrabrasil.org/


segunda-feira, 10 de maio de 2010

Conheça a Carta da Terra



Cuidar da Terra de maneira integral, isto inclui toda a biodiversidade, o clima, os recursos naturais e as pessoas. Democracia, sustentabilidade e paz. Conheça a importância dessa Carta.

O que é a Carta da Terra?

A Carta da Terra é uma declaração de princípios éticos fundamentais para a construção, no século 21, de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Busca inspirar todos os povos a um novo sentido de interdependência global e responsabilidade compartilhada voltado para o bem-estar de toda a família humana, da grande comunidade da vida e das futuras gerações. É uma visão de esperança e um chamado à ação.

A Carta da Terra se preocupa com a transição para maneiras sustentáveis de vida e desenvolvimento humano sustentável. Integridade ecológica é um tema maior. Entretanto, a Carta da Terra reconhece que os objetivos de proteção ecológica, erradicação da pobreza, desenvolvimento econômico eqüitativo, respeito aos direitos humanos, democracia e paz são interdependentes e indivisíveis. Consequentemente oferece um novo marco, inclusivo e integralmente ético para guiar a transição para um futuro sustentável.

A redação da Carta da Terra envolveu o mais inclusivo e participativo processo associado à criação de uma declaração internacional. Esse processo é a fonte básica de sua legitimidade como um marco de guia ético. A legitimidade do documento foi fortalecida pela adesão de mais de 4.500 organizações, incluindo vários organismos governamentais e organizações internacionais.


Fonte:  www.cartadaterrabrasil.org/

Resumo de São Paulo

Eu e Marcela no Hostel da Praça da República, São Paulo

A viagem a São Paulo não foi nada planejada. Era para ser uma viagem curta e cultural, mas foi uma oportunidade e uma surpresa adorável que encontrei pelo meu caminho. Amei tudo. Todas as ruas, todos os lugares, museus e exposições que visitei. Mas amei principalmente todas as pessoas que conheci. Elas foram importantíssimas, pois fizeram a viagem valer a pena demais! Aprendi muito com elas. Começando pela Alderiva, uma missionária nordestina cheia de entusiasmo. Ela me apresentou São Paulo, falou sobre ter estratégia na vida, contou casos e demonstrou toda sua sabedoria na prática. Tudo que ela fazia tinha muito amor. Depois conheci a Ana Paula, uma carioca professora de Português apaixonada pela nossa língua. Fomos juntas a Pinacoteca, ao Museu da Língua Portuguesa e fomos almoçar uma bela massa no bairro do Bexiga. A Ana é um doce de pessoa e foi uma ótima companhia. Depois conheci a Marcela no albergue do Guarujá, uma brasileira que mora em Ibiza, na Espanha. Uma flor de pessoa, carinhosa, amiga e batalhadora. Ela foi uma grande companheira de viagem. Depois conheci a Rosi, uma gaúcha apaixonada, recomeçando a vida, e a Mônica, uma paulista super alto astral. Fomos companheiras de balada. Bebemos, dançamos e nos divertimos bastante. São Paulo foi um grande encontro. Ah! Não posso deixar de falar dos meus amigos paulistanos! Entre eles, o Rochinha, que me deu a maior força nos contatos com jornalistas. Você foi incrível Rocha, valeu! O desencontro aconteceu apenas com meu amigo Ronnie de BH e por conta dos celulares fora de área. Eu também acabei sendo uma criatura do dia e as peças de teatro que programados de ver juntos vão ficar para uma outra viagem. Porque São Paulo me aguarde, eu volto em breve!


domingo, 9 de maio de 2010

Um grande amor

Dona Lu, minha mãe querida

Pessoa exagerada
Fala sem parar de mim
e dos meus irmãos
Conta nossas histórias
nossas trapalhadas
pra todo mundo ...
Diz que é por amor
mas também pelo humor
Muito pelo nosso afeto
Ela é a rainha da disciplina
Ensina, corrige, exige
Pra isso até nos engana
Põe doçura pra temperar ...
Essa pessoinha
que me ama, me escama
Que se dá tanto ...
E é tão orgulhosa de mim
que sinto até vergonha
Ela me beija tanto
que até sufoca
Minha maior fã
Tudo que eu faço
fica lindo ...
Sra. Sorriso,
Ternura, incentivo
Minha Mãe ... Coruja

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Feira Internacional de Arte de São Paulo

A São Paulo Arte foi realizada de 29 de abril a 02 de maio, no Parque do Ibirapuera, no pavilhão da Bienal. Assim que entrei tive uma sensação diferente, um olhar curioso me pegou e rodei a feira inteira várias vezes. Vi e revi várias obras. As que mais me chamaram atenção não foram por causar um olhar de beleza e fascinação, mas sim pela ideia, pelo conceito por trás da obra. A arte contemporânea é conceitual, não foca a estética e a harmonia das formas, mas faz pensar. O olhar de cada um é que constrói o sentido da obra.  E esse novo olhar amplia nossa imaginação, nossas referências e nossa cultura. Adorei cada quadro, cada escultura, cada instalação! Confira abaixo algumas obras que selecionei:


Adriana Varejão, Ruína e Charque, 2002


Maria Martins, Tambá Taja, 1940


Nelson Leirner, Você faz parte, 2001


Egidio Rocci, Finis Terrae, 2009


Wesley Duke Lee, retrato de Jitte ou a respeito de titia, 1969

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Grandes exposições

Museu de Arte de São Paulo (Masp), São Paulo

O Masp é um grande museu em São Paulo. Quando se fala de arte no Brasil, o Masp é uma referência. Suas exposições são super bem organizadas. Tive a oportunidade de vê-las na semana passada e me encantei. É tal o zelo e competência dos curadores que você fica horas vendo as obras e lendo todas as informações sobre o artista e a sua exposição. Você sai de lá com várias aulas sobre a história da cultura e da arte. Adorei! Quem vai a São Paulo tem que visitar o museu.

A missão do MASP é "Incentivar, divulgar e amparar, por todos os meios ao seu alcance, as artes de um modo geral e, em especial, as artes visuais, visando o desenvolvimento e o aprimoramento cultural do povo brasileiro".

Há várias exposições em cartaz no museu, mas vou falar aqui apenas das que mais gostei. Mas vale a pena ver todas!

ACERVO DO MASP
ROMANTISMO: A ARTE DO ENTUSIASMO
Período:
5 de fevereiro a 8 de maio de 2010

                  Rosas num Copo, Jean-Baptiste-Camille Corot 


Obras de Bosch, El Greco, Monet, Renoir, Van Gogh, Dalí, León Ferrari, Tomie Ohtake e dezenas de outros mostram que os ideais do Romantismo - movimento identificado entre meados dos séculos XVIII e XIX - permeiam a arte produzida nos últimos 500 anos no Ocidente.

Essa exposição foi a que mais gostei. Eu me identifiquei muito com as obras e os conceitos dos artistas. O Romantismo é um movimento artístico que faz parte da arte contemporânea também. Quase todos os movimentos são datados, mas eles existem mesmo fora do tempo em que foram idealizados pelos grandes artistas. As obras e os movimentos podem ser recriados, transformados, atualizados, mas sua essência original sempre persiste.

EXPOSIÇÃO DO ACERVO MASP
OLHAR E SER VISTO - RETRATOS E AUTO-RETRATOS
Período:
A partir de 21 de julho de 2009 - sem previsão de encerramento, Acervo MASP

Um novo olhar sobre a coleção

                                 Madame G. van Muyden, de Modigliani


Essa exposição foi a primeira que vi no MASP. A ideia é mostrar e falar do olhar de quem vê e de quem quer ser visto, é muito interessante. Os retratos remontam ao período monarquista em que os nobres queriam ser retratados por grandes artistas por questão de status e honraria. Nessa época, os retratos deviam refletir o rosto da pessoa quase que de forma real, uma espécie de foto. Não havia muito espaço para experimentação artística. A exposição mostra as mudanças do retrato através dos tempos, em cada período você percebe a mudança, o expressionismo, o impressionismo, o modernismo e outros, até chegar a arte conceitual em que o artista tem toda liberdade para criar sua arte tendo como fonte uma pessoa, lugar ou coisa.
 
FESTIVAL DO MINUTO: A RESPOSTA

O MINUTO E A CIDADE
Período:
11 de março a 9 de maio de 2010


          O Minuto e a Cidade - Festival do Minuto: a Resposta

62 vídeos selecionados pela curadoria do Festival do Minuto mostram o embate cotidiano de quem vive na metrópole: as dificuldades nas relações pessoais, o trânsito, o excesso de tarefas. O público poderá enviar vídeos-respostas aos que estão em cartaz e os selecionados serão integrados semanalmente à exposição. O Minuto e a Cidade - Festival do Minuto: A Resposta está em cartaz na Galeria Clemente de Faria.

Notícias do Prêmio Top Blog 2010

2ª Edição do Top Blog promove a campanha colaborativa “Eu vivo + sustentável”, baseada nos princípios da Carta da Terra

Com a importância da chamada blogosfera na divulgação de novos conceitos e ideias, a sustentabilidade ganha cada vez mais espaço no mundo virtual, ampliando o campo de debate para um número crescente de pessoas.

Observando esse direcionamento que o tema tem ganhado na rede, a 2ª Edição do prêmio Top Blog promove a campanha colaborativa “Eu vivo + sustentável”, baseada nos princípios da Carta da Terra. A expectativa é atrair cerca de 100 mil blogueiros para a premiação, que tem como objetivo promover e divulgar ações sustentáveis.

A promoção “recicle suas ideias em prêmios sustentáveis” premiará semanalmente blogueiros que divulguem a campanha e internautas que participem enviando ideias sustentáveis - entre os prêmios estão uma scooter e camisetas. Os três blogs mais votados pelo júri popular e o mais votado pelo júri técnico recebem um troféu e um certificado do Top Blog. A avaliação dos vencedores será feita considerando a qualidade do conteúdo e a melhor apresentação técnica para os grupos: blogs pessoais, profissionais ou corporativos.

O Top Blog visa criar um ambiente em que as pessoas possam compartilhar experiências e informações também no campo socioambiental. “Nesse aspecto, a blogosfera é fundamental, pois, além de tudo, é um ambiente democrático”, destaca Ricardo Voltolini, diretor da consultoria Ideia Sustentável, publisher da revista Ideia Socioambiental e colunista de sustentabilidade do portal.

A premiação é uma iniciativa da MIXMD, divisão de comunicação digital da Mix Comunicação, em parceria com a HOTWords, líder em in-text advertising em países de língua portuguesa e espanhola - ferramenta que possibilita recompensar os blogueiros afiliados quando se clica, visualiza ou efetua compras em sites anunciantes.

“Nossa meta é fazer com que esta iniciativa reúna, cada vez mais, colaboradores que acreditam na força de uma nova comunicação em rede, mais social, educativa e solidária”, afirma José Carlos Leite, diretor de conteúdo do portal.

Sobre o Top Blog
O portal www.topblog.com.br é um catálogo de blogs, um prêmio e um site com conteúdo atualizado. Os posts mais clicados dos blogs indexados ao portal e o conteúdo de cada colunista ficam disponíveis na home; a rádio TopCast traz sempre um poadcast novo para o internauta, além de vídeos e interatividade através das redes sociais. O Top Blog foi criado pela MIX Mídia Digital, uma divisão de comunicação digital do grupo Objetivo/Unip.

Fonte: Revista Ideia Socioambiental

Como votar no Prêmio Top Blog 2010

Meu Blog foi indicado ao Prêmio Top Blog 2010!



A votação do prêmio Top Blog 2010 começa hoje, dia 06 de maio. Para votar procure no meu blog na página inicial na lateral direita a seção "Prêmio Top Blog 2010 Vote Aqui" clique na imagem do Top Blog 2010, vai abrir a página do site Top Blog em que está a minha indicação, espere a página carregar, vai aparecer um ícone do lado direito escrito “Vote”, clique no ícone, vai aparecer uma imagem pedindo seu nome e e-mail, assim que preencher, clique em "Vote". Depois é só confirmar o voto através de um link que sera enviado para seu e-mail.
Ao votar no blog os internautas podem participar de promoções do Top Blog !!! É só acompanhar o meu blog e o site do Top Blog !!!!

A votação popular começa hoje, mas segue até dia 6 de outubro de 2010. Então, vote já e divulgue o blog para seus amigos !!!

Conto com o voto de todos!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Meu blog foi indicado ao Prêmio Top Blog 2010!

Meu Blog "Borboleta no cabelo" foi indicado ao Prêmio Top Blog 2010!



O Top Blog Prêmio é um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante a votação popular e acadêmica (Júri acadêmico) os Blogs Brasileiros mais populares, que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo (Pessoal, Profissional e Corporativo) e categorias.

A votação popular do Top Blog 2010 começa amanhã, quinta-feira, dia 06 de maio e se estende até outubro.  Conto com o voto de todos vocês. E acompanhem os posts. O blog terá novidades em breve! Participe !

terça-feira, 4 de maio de 2010

Grafite no Museu

Museu de Arte Moderna, São Paulo

Na entrada do MAM um grande painel de grafite criado pelos artistas Os gêmeos. A obra é mais do que moderna, é pós-moderna, contemporânea. O painel colorido e vibrante chama atenção de todo mundo. Dá para ficar horas olhando cada detalhe.  

 Painel do MAM



segunda-feira, 3 de maio de 2010

Um cantinho japonês na cidade

           Bairro da Liberdade, São Paulo

Parece que estamos em outro país, um lugar cheio de cores vermelhas e luminárias brancas, delicias culinárias, artesanato, cultura nipônica e, claro, muitos japoneses. Foi assim na feira de domingo do bairro da Liberdade. Muitas opções de coisas e comidas típicas do Japão como os bolinhos de camarão e o tempurá de frutos do mar, tudo quentinho e saboríssimo. Dá vontade de comer todos! Visitar a feira é imprescindível!


                                Tudo feito na hora, hummmmm ....!

Nossa língua portuguesa

              Museu da Língua Portuguesa, São Paulo


Um lugar interativo, de diversão, curiosidades, conhecimento e muita arte. Pra começar você pode assistir a vários videos sobre as origens das palavras, das comidas, dos cultos, festas, santos, nomes, tudo. A língua reflete nossa cultura. E o museu é literalmente uma viagem pela história brasileira. Seus espaços foram produzidos com muita criatividade e imaginação, fazendo com que você  interaja e perceba que a língua é um processo em movimento.

                                  Frases erradas e muito usadas


                       A evolução histórica da lingua portuguesa