Translate

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Viajando sozinha pela Europa - Barcelona




                                               

Meu segundo mochilão pela Europa foi um mês após o primeiro! Foi tão boa a experiência que cheguei  em Dublin louca para viajar de novo!  Eu tinha que aproveitar o verão e os preços das passagens que ainda estavam baixos. Comprando com antecedência de um mês, a diferença de preços é imensa. No verão, então, só assim para viajar barato! E lá fui eu comprar passagens pela internet,  reservar hostels, ver roteiros, prioridades, fazer escolhas e  etc.

Foram duas semanas viajando sozinha! Eu amei, é claro, me senti muito mais livre! E não tive medo nenhum! Pelo contrário, eu me jogava em todos os roteiros. Claro que tive uns contratempos, mas encarei tudo com bom humor. Tudo é aprendizado, tudo vale a pena! Meu plano básico era conhecer os países que mais me atraiam na Europa, pela cultura, pela comida, pelas praias e paisagens e ainda visitar minha sobrinha em Barcelona. Ficou assim: Barcelona (3 dias), Ibiza (2 dias), Paris ( 2 dias), Roma (4 dias), Bélgica( 2 dias).


   Centro de Barcelona

Bem, foi minha primeira vez fazendo o planejamento total de um mochilão no exterior. E você precisa pesquisar muito na internet, conversar com as pessoas que já viajaram para os lugares onde você quer ir,  certificar se tudo é realmente bom como parece para não ter surpresas desagradáveis. Pesquisar os melhores  preços de voos, de transportes saindo do aeroporto para o seu hostel, quanto que custa comer, beber e sair à noite, preços dos museus que você quer visitar, preço dos melhores hostels, enfim, é preciso saber quanto você  vai gastar em cada lugar. Essa parte é importantíssima. Define sua viagem. Fazer boas escolhas é tudo!

A minha dica número 1 é, antes de tudo, pesquisar em blogs de viagens. Se você é um mochileiro, o melhor caminho é pesquisar  nos blogs de quem escreve sobre suas viagens pessoais, conta suas experiências e compartilha dicas bacanas. Eu pesquisei muito em blogs e eles me ajudaram muito a definir o que eu queria. Encontrei dicas preciosas de hostels bons e baratos, bem localizados, e isso é mega importante para mulher que viaja sozinha. Dicas de transportes, de lugares para visitar, onde comer e beber barato, etc. E eu adoro fazer esta pesquisa! Viajando pelo Brasil, um dos meus prazeres de viajar sempre foi  pesquisar tudo antes. E eu já ia sonhando a cada dia como seria a viagem.


BARCELONA




É uma cidade linda, colorida, alegre, cheia de lugares bonitos, de arte, de gente bonita, chic, autêntica. Eu cheguei  à meia-noite na Praça da Catalunia, centro da cidade, era verão,  a praça estava cheia de gente conversando, passeando, andando de patins e skate. Fiquei encantada com a tranquilidade,  aquela praça linda, com bares ao redor, as pessoas bebendo, namorando, me senti em casa. O meu hostel ficava a 5 minutos da Praça, lugar perfeito, Hostel St. Christopher Inn, lindo, estiloso, todo decorado de grafites nas paredes internas, café da manhã gostoso, bar, boate, tudo isso por um preço justo.







Chegar em Barcelona foi uma felicidade para mim! A realização de um sonho. Há anos minha sobrinha se mudou pra lá com a mãe e os irmãos e fazia mais de 10 anos que não a via. Nós marcamos de nos encontrar no meu segundo dia lá.


   Eu e minha sobrinha Bianca

No meu primeiro dia, eu fiz um tour pela área histórica de Barcelona com um guia que reúne as pessoas todo dia no hostel para mostrar a cidade. Os chamados Day Tour são muito legais, tem em quase todos os países e hostels da Europa. Eles são free e você paga apenas uma contribuição para o guia no final, se gostar e tiver dinheiro. Os passeios são caminhadas pelos principais pontos da cidade e costumam durar umas duas horas. Eles explicam tudo sobre a História e a cultura do lugar, são imprescindíveis para quem quer aprender e explorar a cidade.





   Arquitetura espanhola é linda!

Dei uma rodada boa pelo centro depois. Adoro ir andando sozinha, seguindo o meu roteiro pessoal. Fui nas Las Ramblas, um passeio  central cheio de cultura e comidas tipícas espanholas, que são maravilhosas e irressistíveis! Pertinho fica o mercado De la Boqueria que é um convite para comer bocadilhos, sanduíches com pão de sal e um presunto espanhol maravilhoso, o jamón,  e tomar sucos naturais de frutas. Ah! me deu água na boca só de lembrar. A comida espanhola é maravilhosa!




   Las Ramblas

No segundo dia, eu fui encontrar com minha sobrinha e foi muito emocionante. Chorei muito ao vê-la. Ela está linda, uma mulher. O tempo passa! A mãe dela, a Cléo, é uma pessoa muito querida também! Nós conversamos durante horas andando pela praia de Barceloneta e pelos pontos turísticos da cidade. É comum ver pessoas fazendo topless ou nudismo mesmo nas praias do centro da cidade! Eu mesma vi dois homens nus jogando frescobol na praia de Barceloneta! Eu achei engraçado! rsrss Viva la Liberdad! 


    Praia de Barceloneta

A Cléo também me levou ao CosmoCaixa, um museu de ciência que tem uma floresta artificial brasileira com árvores e peixes brasileiros. Uma coisa linda, maravilhosa! A atmosfera do lugar é muito real, parece a Amazônia mesmo. Espécies estranhas, raras, pequisas e objetos muito interessantes. Valeu muito a pena!








     CosmoCaixa

No terceiro dia, eu andei pelas ruas principais do centro para ver as famosas obras do arquiteto Gaudi - a Casa Batllò, a Casa Milà ou La Pedrera, a igreja ainda inacabada, Sagrada Familía, que tem uma arquitetura ímpar, muito peculiar, bonita, exótica, a cara de Barcelona mesmo. Também rodei pelas ruas no Passeig de Gràcia,  o quarteirão mais caro de Barcelona, que abriga as lojas e grifes mais chiques da cidade.




    A Casa Batllò

Em Barcelona é tudo muito lindo, animado e glamouroso. Tem um requinte diferente, muito próprio, que me agradou muito, talvez porque tenha algo de saudoso, brasileiro, não sei. Acho que vivi em Barcelona em alguma vida passada! Me senti tão bem, tão em casa ali!


      A Casa Milà ou La Pedrera


A minha sobrinha e a Cléo me apresentaram a divina gastronomia espanhola em vários bares e restaurantes da cidade. Nós comemos milhares de tapas e tomamos várias Claras, que eu amei!A Clara é uma mistura de cerveja espanhola com fanta limão! É uma bebida muito refrescante e  gostosa! E como era verão era a pedida perfeita! Una Clara, duas Claras! Uau! E os tapas, cada um mais gostoso que o outro! Comi demais!


    Comendo Tapas!

Infelizmente, eu perdi muitas fotos de Barcelona porque fui roubada em Roma. (Este Perrengue vou contar com detalhes quando falar da minha estadia lá). Levaram minha bolsinha com meu pen drive com as fotos que eu tinha descarregado da minha máquina fotográfica. Consegui recuperar apenas algumas que eu tinha baixado na casa da minha sobrinha. É assim... coisas de viajante! Mas a memória registra tudo para sempre! Que bom!

No próximo post vou falar de Ibiza! Acompanhe!


Nenhum comentário: