Translate

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Porque votar em Dilma



Porque votar em Dilma é olhar para o futuro e ver que o Brasil conseguiu cumprir várias metas, entre elas, acabar com a miséria de milhões,  elevar o padrão de vida de uma grande parte da população pobre que não tinha acesso ao mínimo para viver.  Isso é dar dignidade e condições para que várias pessoas possam ter comida para comer todos os dias. Isso se chama solidariedade, coletivismo, sociedade. 

Mas tem mais!  Quando a gente pensa no coletivo  estamos construindo uma nação mais igualitária, com mais justiça social e melhor distribuição de renda. E podemos pensar em outras coisas quando podemos comer.  Podemos estudar através  do ProUni, fazer cursos de formação através do Pronatec,  conseguir um emprego bom e sermos independentes. Sermos cidadãos de fato!

O básico para viver é matar a fome e o país estava tão atrasado nisso que demorou uns 400 anos para o dinheiro começar a ser repartido, e o mundo inteiro aplaudiu este avanço brasileiro.  Ele é só o começo de tudo!  Isto se chama projeto de inclusão social!

Para  aqueles que comem  bem, todos os dias, são  ricos, o governo gasta demais com programas sociais. Isto se chama individualismo, egoismo, mesquinharia, ignorância, caduquice, conservadorismo.

O Brasil é um gigante que precisa continuar avançando e aprofundar as reformas sociais iniciadas no Governo Lula e Dilma. Para que este novo Brasil siga em frente é preciso investir em infra-estrutura, em saneamento básico, no aumento dos projetos de habitação, na melhoria do sistema viário, na qualidade do transporte urbano, para começar a sair do básico mesmo.  Ainda tem a reforma política, a reforma agrária, a reforma urbana, a reforma tributária e tals. Temos  muitos desafios  para implementar! E estamos mega atrasados nisso! O nome disso é atraso histórico, dívida social, luta pela igualdade, fraternidade, liberdade!

O Brasil ainda está no básico do básico do básico e o povo está vacilando em seguir em frente? Isso se chama “cilada”.

Quem constrói o país é o povo! É nossa responsabilidade continuar e não retroceder agora! Isso se chama progressismo! Quer dizer ir em direção ao progresso, a um futuro melhor, mais digno, mais justo para todos! Isso se chama cidadania, consciência política, participação, ativismo, luta!

Quem se alia à direita, aos politicos ricos que representam os ricos, sendo uma pessoa da classe pobre é incoerente, ignorante ou mau-caráter. Porque a elite já tem tudo, ela tem os meios de produção, são proprietários de empresas, dos meios de comunicação, das igrejas, das mansões, dos carrões, justamente porque  você é explorado e,  obviamente, ela não abrirá mão disso por você!  O que ela quer de você é obediência cega e burra! Para que não sejam pertubados  com movimentos sociais enquanto estiverem em seus almoços e jantares comendo a mais cara das lagostas com o dinheiro público. O nome disso é ignorância, alienação, falta de formação política, mau-caratismo.

Em um passado recente os governos de direita nos países pobres da América Latina implantaram governos conservadores, moralistas, dominados pelos militares, por gente que mata e depois pergunta o nome. Implantaram ditaduras que retiraram direitos civis, liberdade de expressão e não avançaram em nada no social e ainda roubaram muito o nosso país! Usaram este mesmo discurso de agora: antigo,  moralista, ultrapassadíssimo para fazer as cabeças do povo. E deu no que deu! Nós já repudiamos tudo isso com veêmencia em anos de lutas através do “Movimento pelas  Diretas”  e voltamos a democracia. Somos livres, até agora, e queremos continuar! Isto se chama História e nós já estudamos este capítulo e soubemos dizer “ Não ao Conservadorismo”!

Por isso, neste domingo, não vacile e vote pela liberdade e pelo avanço social! 

Dilma 13!

Seja um estrelinha! Brilhe!





Nenhum comentário: