Translate

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Para matar a sede da boa música de viola

A melodia vem do chão. Da musicalidade da poesia. Deste encontro telúrico nasce o “Pote”, um CD independente e inédito, criado em parceria pelos violeiros e cantadores, Pereira da Viola e Wilson Dias, e o poeta e jornalista João Evangelista Rodrigues. O show de lançamento do CD será dia 14 de outubro, quinta-feira. às 21 horas, no Teatro Sesiminas, em Belo Horizonte.

O CD “Pote” pode ser definido como contemporâneo e primitivo. Rústico e refinado. Feito a mão. Modelado pela sensibilidade da palavra e conduzido pelo fio mágico dos acordes da viola. O “Pote” emerge da imaginação, dá asas ao sentimento e vivifica as coisas e objetos perdidos e ou esquecidos no sertão. O mesmo infinito e indefinido sertão de João Guimarães Rosa a um só tempo íntimo, concreto e transcendental. Um sertão que todos somos ainda, apesar das urbanidades e desurbanidades contemporâneas.

Faixas do CD como Sem Desatino, Mulheres de Argila, Sagarana Ana, Pacha Mama, Fim de Tarde, Latina e Tributo atingem um alto grau de expressividade póético-musical, seja pelo lirismo, pelo comprometimento com a vida ou pelo desatino do ser humano em um planeta ameaçado.

O CD  "Pote"é  uma homenagem à palavra poética pela valorização da letra no processo de composição musical. É também um reconhecimento do trabalho de criação do poeta João Evangelista que utiliza-se de várias linguagens e campos de conhecimento para expressão como filosofia, jornalismo, literatura e fotografia.  O CD é um verdadeiro cinema sonoro onde a música feita na viola revela as tonalidades de cada história. A palavra cantada torna-se palavra encantada. Música necessária e mágica, fruto de um encontro espiritual e artístico ente os três compositores. Um trindade que só vem enriquecer a música feita na viola caipira, em Minas.


Os Compositores

Pereira, Wilson e João são três mineiros de águas fortes e confluentes, vindos, respectivamente, do Vales do Mucuri, do Jequitinhonha e do São Francisco. Três vertentes com raízes comuns no que diz respeito à cultura popular, ao sentimento de religiosidade e às convicções políticas, fundados na amizade e na defesa da cidadania.

As 14 composições do CD são todas assinadas por João Evangelista Rodrigues, autor das letras, e por Pereira da Viola e Wilson Dias, responsáveis pelas melodias e interpretação. Participam da gravação, os músicos: Pereira da Viola e Wilson Dias (voz e viola); Pedro Gomes (contrabaixo); André Siqueira (guitarra e violão); Carlinhos Ferreira (Percussão), com participçaao especial do cantador e compositor Dércio Marques.

O CD "Pote" é marcante. Pode ser entendido como uma metáfora da condição do homem no mundo contemporâneo. Uma evocação do ambiente do mineiro a partir de uma visão crítica. Cercado de simbologia, um objeto real e mítico, que reflete a arte, a cultura, os valores, a religiosidade e as contradições da mineiridade. O pote, objeto que deu origem ao nome do CD, guarda a água, símbolo da vida, ecoa a essência, marca o lugar e a passagem para o imaginário. Para um mundo real onde a poesia e a música, o sorriso e o diálogo, a prosa e a viola ainda são possíveis.

Serviço:
Lançamento do CD “Pote”
Local: Teatro Sesiminas - na Rua Padre Marinho,60
Bairro Santa Efigênia –Belo Horizonte –MG.
Data: 14 de outubro, quinta-feira.
Horário: 21h00
Ingressos: 20 reais inteira e 10 reais meia.

Nenhum comentário: