Translate

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Carnaval de Recife e Olinda: alto astral


Desfile de bonecos em Olinda

O Carnaval de Olinda é pura alegria. É gente fantasiada brincando de super-herói, sendo criança por alguns dias. É um bloco atrás do outro, sem parar.  É de dia, é de noite. Haja energia. Tem crianças, jovens, adultos e velhinhos. O frevo corre solto e os bonecos conduzem os foliões. Tem blocos, blocão e bloquinhos. Cinco pessoas já fazem a festa e são motivo de alegria. Em Recife, o Carnaval também pega fogo! Vários shows de artistas regionais, entre novos e antigos, muita gente boa começando. Vi shows incríveis. O de Elba Ramalho é pura energia, faz a gente morrer de dançar. Eu quase perdi o ar dentro daquela multidão, mas é irresistível!Teve apresentação de maracatus e de frevo sensacionais. Pernambuco, no Carnaval, é uma loucura. Um calor de quase 40 graus, haja água e cerveja pra se refrescar. O bom é que tem aquelas praias lindas pra gente ir. Fui à Porto de Galinhas, que estava lotada. Mas deu pra ver peixinhos nos corais e matar a saudade do mar nordestino - água super limpa e naquela temperatura.


Mariana, Fernanda e eu


Família dos bichinhos Parmalat

O Albergue de Olinda foi minha casa nestes dias. Bem localizado, na Rua do Sol, era caminho para tudo. Parecia que eu estava num sítio, num eterno feriado. Lá, tem espaço pra cozinhar, fazer churrasco e uma boa piscina, além de terraço com redes para tirar um cochilo. Conheci gente boa demais lá!Foram muitos e eu não guardei o nome de todo mundo ainda. Mas uma turma em especial, os meninos de São Paulo, fez muita diferença. Eram uns seis ou sete rapazes super engraçados e animados. Cada dia uma legging colorida! Eles são muito criativos e as fantasias ora de bichinhos da Parmalat, ora de bigode e adereços, sempre eram acompanhadas dessa linda vestimenta. No Albergue, minha escolha sempre certa em viagens, tinha gente alegre e super animada pra tudo: ficar de papo furado bebendo na piscina, encarar as ladeiras de Olinda pra sair no bloco dos super-heróis, ir à praia, no inferninho ao lado do Albergue, no Show do Lenine, ver, entrar e dançar nos blocos de dia e noite e ir pra Recife dançar alucidamente no Show da Elba Ramalho e do Alceu Valença. Dormir, ficar no quarto era o mínimo possível. O calor era de matar e lá fora só folia.


Bloco dos super-heróis

Carnaval de Olinda pede mais uma vez! Apesar do tempo não passar por lá, a gente tem essa adorável sensação! Mas acabou e você tem que voltar pra realidade. Então, um dia eu volto outra vez para me virar em 10 e curtir mais ainda essa brincadeira!

6 comentários:

Raimundo disse...

oi drica...
gostei muito do seu relato, a ponto de um dia eu querer participar desse movimento...

Adriana Borges disse...

Oi Rai !!!
É bom demais!!! é só alegria !!!
beijos

Jordana Flávia disse...

Menina! Tô vendo que você se jogou nesse carnaval heim! Faço uma idéia do que você aprontou. O carnaval de Olinda realmente tem que ser visto por todos pelo menos uma vez. Eu já vi e aprovei! Não caí na folia propriamente, mas acompanhei tudo e achei lindo demais! Muitas cores. Alegria geral! E a Elba realmente é de arrepiar! Mas um Lenine no Marco Zero de Recife também é totalmente demais.

Adriana Borges disse...

Jô, valeu demais a dica de Olinda!!! Aprontei bastante e me diverti demais!!!
beijos

Fê Camargo disse...

Ah Drica que saudades que deu desse nosso carnaval.. foi tudão mesmo! adorei o blogger, vou visitar mais vezes! bjss

Mariane disse...

Olá Adriana!!!!

Adorei esse texto...., não sei pq me identifiquei com ele (rs)

bjs Mari (Curitiba)