Translate

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Como deixar sua casa mais sustentável
















Uma construção sustentável é aquela projetada para que, no dia a dia, gaste-se o mínimo possível de energia e recursos naturais. Ela começa com a escolha dos materiais, como madeiras reaproveitadas e tintas à base de água, e acompanha toda a execução do projeto. "Sustentabilidade nada mais é do que criar meios para que a nossa existência se sustente sem esgotar os recursos naturais do planeta", explica o arquiteto Bruno Vargas Yoshino, de São Paulo.

Em casas antigas, que foram construídas quando esse conceito ainda não estava tão difundido, também é possível aplicar técnicas sustentáveis e amigas do meio ambiente. A arquiteta Celina Lago, especialista em Conforto e Edificações Sustentáveis, do Rio de Janeiro, indica manter plantas e flores dentro de casa, pois elas ajudam a refrescar o ambiente, dispensando tecnologias que consomem energia elétrica, como ventilador e ar condicionado.

Quer saber mais? Então confira as dicas verdes dos profissionais. Além de contribuir com a preservação ambiental, a diferença poderá ser sentida no bolso e na qualidade de vida que você vai ganhar. "Afinal, é bem melhor estar num lugar com uma brisa natural, com um ar mais fresco e úmido e iluminado pelo sol do que cheio de lâmpadas fluorescentes e com um ar condicionado seco, que polui as vias respiratórias", diz Bruno.

1. Compre os materiais que precisa em locais próximos

O projeto sustentável é aquele que visa o menor gasto de energia e combustíveis. Por isso, vale comprar materiais de construção de lojas e depósitos próximos da sua casa. "O gasto de combustível queimado no transporte dos materiais também conta", diz Bruno.

2. Reutilize materiais antigos

Que tal utilizar na reforma materiais de demolição, que são retirados de casas antigas, como madeiras, pisos de tábua corrida, tijolos maciços, telhas, portas e janelas? Você pode aplicar essa técnica em sua casa. Uma cômoda velha, por exemplo, pode ter sua madeira aproveitada para construção de novos materiais, ou pode ainda ser reformada, com técnicas de decoupagem, para ficar mais moderna.

3. Sem cortinas

Algumas janelas e portas têm a opção de serem duplas, ou seja, veneziana na parte externa e vidro na interna. Isso dispensa o uso da cortina e deixa a casa bem clara, com iluminação natural. Além disso, colocar ladrilhos de vidro nas paredes e claraboias no teto faz com que a casa fique mais clara, inclusive em dias chuvosos, pois aproveita a luz externa.

4. Área verde

Se você não tem espaço para ter um jardim, procure manter vasos dentro de casa, com plantas e flores. Eles ajudam a refrescar o ambiente. Caso você tenha um jardim em casa, em volta dele, coloque um piso que drene bem a água da chuva ou até um gramado. Essa água pode ser reaproveitada para a rega do local.

5. Horta orgânica

Tenha sua própria horta, inclusive em vasos, para cultivar seus temperos. Esses alimentos serão livres de agrotóxicos, portanto, mais saudáveis e saborosos.

6. Captação de água da chuva

Alterar o projeto das calhas para que elas captem a água da chuva também é uma boa maneira de tornar a casa mais sustentável. Essa água pode ser utilizada para lavar pisos e regar plantações, como as hortas caseiras e vasos de flores.

7. Tintas ecológicas

As tintas à base de água são consideradas ecológicas, pois não têm cheiro e contribuem para uma melhor respiração e transpiração das paredes, já que as demais tintas tornam a parede impermeável e possuem componentes tóxicos que podem causar alergias às pessoas e animais.

8. Mudança de atitudes

Também faz parte da casa sustentável uma mudança de atitudes dos moradores que nela vivem, como implantar a coleta seletiva (separando o lixo orgânico do lixo reciclável) e racionamento de energia elétrica e água.

Fonte: Revista Vida Simples



Nenhum comentário: