Translate

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Um poema para alguém


Enxergo em você meu alter ego.
Tantas paixões parecidas, como se fosse.
Tem um sorriso intenso ...
Uma boca que fala eloqüente.
Uns olhos inquietos, que faíscam.
Uma pele que impregna meu desejo.
Quando te vi, te ouvi, eu falei.
Senti tanta coisa bonita.
Um mergulho inconsciente,
e sei que tudo é mistério:
revelado ou não, ele vem.
Tanta coisa para dizer ...
Mas quem sabe a gente
não se reencontra um dia.
O olhar vai dizer tudo,
e as palavras vão florir...


Nenhum comentário: